Cientista quer transformar asteroide em casa para 700 mil pessoas