TONINHA, a  MASCOTE DE SÃO FRANCISCO DO SUL, que recebeu o nome de  BABI, PODE SER EXTINTA, PELOS NOVOS PORTOS E ESTALEIRO 
O TGB, já recebeu da  FATMA/IMA, a Licença LAI. O terminal Mar Azul e  Estaleiro CMO,  ainda não receberam  LAI  para obras no mar. Todos estes empreendimentos, situados no centro do estuário, podem contribuir para a extinção das Toninhas na Babitonga   
Segundo a Lei Municipal 875/2009, a toninha é a mascote oficial do Município de São Francisco do Sul. A espécie de golfinho, que tem o nome científico de Pontoporia blainvillei, é considerada a mais ameaçada de extinção no Brasil e na Baía Babitonga existe uma população única no mundo, que vive dentro de uma baía. De acordo com um manifesto público feito pelo Projeto Toninhas da Univille (https://goo.gl/Y5mDPz), a construção do Terminal Graneleiro Babitonga (TGB), com LAI liberada pela FATMA, agora IMA, pode ser considerada como a principal ameaça à sobrevivência da espécie na Babitonga, já que essa população é totalmente dependente da baía. Há um risco alto de que elas sejam extintas da Babitonga. Isso é mais do que perder uma espécie da nossa fauna, é perder para sempre parte da cultura local e do que torna nosso município especial para as futuras gerações!

TONINHA, a MASCOTE DE SÃO FRANCISCO DO SUL, que recebeu o nome de BABI, PODE SER EXTINTA, PELOS NOVOS PORTOS E ESTALEIRO O TGB, já recebeu da FATMA/IMA, a Licença LAI. O terminal Mar Azul e Estaleiro CMO, ainda não receberam LAI para obras no mar. Todos estes empreendimentos, situados no centro do estuário, podem contribuir para a extinção das Toninhas na Babitonga Segundo a Lei Municipal 875/2009, a toninha é a mascote oficial do Município de São Francisco do Sul. A espécie de golfinho, que tem o nome científico de Pontoporia blainvillei, é considerada a mais ameaçada de extinção no Brasil e na Baía Babitonga existe uma população única no mundo, que vive dentro de uma baía. De acordo com um manifesto público feito pelo Projeto Toninhas da Univille (), a construção do Terminal Graneleiro Babitonga (TGB), com LAI liberada pela FATMA, agora IMA, pode ser considerada como a principal ameaça à sobrevivência da espécie na Babitonga, já que essa população é totalmente dependente da baía. Há um risco alto de que elas sejam extintas da Babitonga. Isso é mais do que perder uma espécie da nossa fauna, é perder para sempre parte da cultura local e do que torna nosso município especial para as futuras gerações!

fbcdn.net

View on fbcdn.net