Gabriela Maria Rocha Fonseca

12 Flips | 3 Magazines | 1 Follower | @GabiFonseca | Keep up with Gabriela Maria Rocha Fonseca on Flipboard, a place to see the stories, photos, and updates that matter to you. Flipboard creates a personalized magazine full of everything, from world news to life’s great moments. Download Flipboard for free and search for “Gabriela Maria Rocha Fonseca”

50 livros que todo jovem deve ler

Fonte: Shutterstock<br>Existem livros clássicos e atuais que devem ser lidos por todos os jovens<p>Publicado no Universia Brasil<p>A <b>leitura é uma das</b> …

Resistência de bactérias a antibióticos representa "ameaça global", diz OMS (ESTUDO)

A possibilidade de mutação das bactérias e a sua resistência aos antibióticos representa uma “ameaça global”, de acordo com dados de um novo …

Os 20 dias que mudaram o Brasil - ISTOÉ Independente

Foi a partir de uma data associada ao mau agouro que a situação política do então presidente da República João Goulart se deterioraria e as forças …

Cientistas criam cromossomo sintético para leveduras

<i>Pesquisa feita nos EUA é o primeiro grande passo no sentido de criar um organismo com DNA 100% sintético, montado e “programado” geneticamente em</i> …

Testes preliminares de uma possível vacina brasileira contra o HIV, feitos com macacos Rhesus no Instituto Butantan, apresentaram resultados melhores do que o esperado. A resposta imunológica dos primatas foi de 5 a 10 vezes mais intensa do que a registrada em camundongos, segundo o médico Edecio Cunha Neto, pesquisador da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e coordenador do estudo. A vacina desenvolvida pelo grupo de Cunha Neto contém 18 fragmentos do vírus da Aids. A intenção dos pesquisadores é usar esses fragmentos para despertar o sistema imunológico contra o HIV. “É como se estivéssemos ajudando o…

Imagem: Instituto ButantanMacaco <i>Rhesus</i>: vacina do Butantan aumentou de 5 a 10 vezes a resposta imunológica no primataImagem: Instituto Butantan

Imagine um frasco de água onde está mergulhada uma placa de metal revestida com um material sintetizado em laboratório, que produz e armazena energia na forma do gás hidrogênio simplesmente por estar ao sol. “Estamos pensando num mundo em que a água seria o combustível”, diz o químico Jackson Megiatto, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Esse aparato ainda não é realidade em grande escala, mas de acordo com o pesquisador já não é ficção científica. “Um corpo de conhecimento vem sendo construído para obter energia a partir do sol e água em um futuro próximo.” O hidrogênio é uma…

Imagem: Léo RamosImagine um frasco de água onde está mergulhada uma placa de metal revestida com um material sintetizado em laboratório, que produz e …

Na busca por culpados pelo excesso de peso, um gene conhecido como FTO ganhou destaque nos últimos anos. Mais especificamente, alterações numa região sem função conhecida, já que não participa da produção da proteína codificada por aquele gene. Um artigo publicado em 12/3 no site da revista Nature, porém, desvia o foco e explica por que não se conseguia estabelecer uma conexão entre mutações nessa região, um íntron, e a função do FTO. “Estávamos procurando os efeitos no gene errado”, diz o geneticista brasileiro Marcelo Nóbrega, da Universidade de Chicago, nos Estados Unidos. O estudo coordenado por ele mostrou que…

Imagem: Léo RamosGene chamado de IRX3 poderia ser o maior responsável pelo ganho de pesoImagem: Léo Ramos<p>Na busca por culpados pelo excesso de peso, …

NOVIDADE: LENTES de CONTATO com NANOPARTÍCULAS que LIBERAM MEDICAMENTOS! A idéia é promissora, pois oferece uma nova forma de administração de fármacos. Neste trabalho, o grupo investigou a liberação de uma y droga contra glaucoma, usando lentes impregnadas com nanopartículas de diamante. Veja artigo: http://pubs.acs.org/doi/full/10.1021/nn5002968

Notícias e Colesterol

TRAZEMOS PARA VOCÊ 3 ÓTIMAS NOTÍCIAS:<p>NOTÍCIA 1<br>Já temos mais de 100.000 VISUALIZAÇÕES dos nossos vídeos no nosso canal do Youtube …

Dois sensores desenvolvidos recentemente podem levar a métodos de análises clínicas e a diagnósticos de doenças mais rápidos e baratos. Em São Carlos, uma equipe da Universidade de São Paulo (USP) aperfeiçoou um tipo de transdutor químico, chamado sistema de detecção condutométrica sem contato (C4D), tornando-o 10 mil vezes mais sensível. O avanço o deixa equiparável aos melhores métodos existentes para análises clínicas ou químicas em sistemas microfluídicos que utilizam microchips. No Rio de Janeiro, pesquisadores da Pontifícia Universidade Católica (PUC-Rio), em parceria com pesquisadores da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), criaram um sensor de fibra óptica para diagnosticar a…

raul aguiarDois sensores desenvolvidos recentemente podem levar a métodos de análises clínicas e a diagnósticos de doenças mais rápidos e baratos. Em …